Be no astral: leoninos, os generosos

Leão: 23/07 a 22/08

QUEM SÃO ELES?

Este é o segundo dos signos de fogo e representa a chama criativa. Os leoninos são donos de um grande magnetismo, pois nascem para brilhar, seja qual for seu meio ambiente, e estão sempre atraindo uma plateia a seu redor. Afinal, é representado pelo rei da floresta e todo leonino tem o seu reinado. A força deste nativo é considerável, e as pessoas se acostumam a ela, ficando mais difícil para esses seres obterem colo quando se sentem carentes e frágeis. No corpo físico, Leão é representado pelo coração, que é o símbolo da generosidade e do amor, portanto, quem nasce neste signo é mestre na doação, mas adora os aplausos que vêm por trás disso. Encarar suas fraquezas não é uma coisa muito simples para leoninos, mas também não são de se aprofundar demais nas razões psicológicas das fraquezas dos outros, já que o mais importante para eles é manter a alegria de viver e a autoafirmação. Quase sempre megalomaníacos, fazem tudo com exagero, pois a simples possibilidade de que algo venha a faltar naquilo que criam ou executam pode levá-los a uma imensa aflição. Para um leonino, a lealdade nas pessoas é imprescindível e são capazes de lutar até o fim de suas forças por um ponto de honra. Como têm muita criatividade são, por vezes, excelentes atores e geram novas possibilidades de soluções perante situações complicadas. Os leoninos são charmosos, têm encantos e espírito de liderança, mas podem frequentemente desenvolver um Ego enorme que lhes cega para a verdade das coisas.  😕

PATERNALISTAS

Qual astro poderia ser o regente deste signo senão o astro-rei? O Sol, quando aparece, some com bilhões de estrelas e isso é muito significativo para os nossos calorosos nativos. Ele é responsável pela vida, pela germinação. Ele é o Grande Pai! Vem daí o paternalismo dos leoninos. Aliás, no sentido exato da palavra – são excelentes pais ou mães, principalmente porque defendem suas crias (e tudo o que geram), com unhas e dentes. Simbolicamente, porém, a figura paterna representa autoridade, e esse é um fator de atenção na personalidade dos nascidos nesse signo. Eles mesmos não percebem, mas abusam do direito de mandar e, por consequência, não suportam ser mandados. Eles doam, mas querem que as coisas aconteçam à sua imagem e semelhança: as pessoas de Leão precisam trabalhar a vontade de manipular. O calor do Sol é necessário para a sobrevivência, mas em excesso pode também destruir, queimando e secando tudo à sua volta.
karma

Todo esse palco, todo esse brilho e essa voluntariedade leva as pessoas de Leão (ou as que tenham em seus mapas algo significativo neste signo como Lua ou Ascendente) a uma autossuficiência por vezes perigosa que, com facilidade, pode se transformar em orgulho e vaidade. Esses são defeitos dos mais difíceis de vencer porque cegam aqueles que os detêm. É muito complicado para esses nativos encarar momentos de frustração, que lhes parecem mais fracassos do que testes ou necessidade de aprenderem. Difícil também será demonstrar fragilidade, ou seja, eliminar a juba e deixar aparecer o corpinho fino que termina num rabinho ainda menor, e que demonstra claramente que a força de Leão tem seus limites. Essa tranquilidade de ser simplesmente o que se é será algo a ser conquistado pelos leoninos cujos egos já foram tomados pelo vírus da vaidade. Leão é uma lição de amor: o amor que não cobra, que confere liberdade, que não interfere na vontade alheia, que só dá, sem esperar retornos. Todos nós, seres humanos em evolução neste planeta, estamos aqui para aprender as lições representadas no Zodíaco. Temos que passar por todas elas, e Leão é sem dúvida uma das mais comoventes, porque nos ensina a afetividade, um dos maiores alimentos para o ser humano. Quem vem sob o signo do Sol, vem para aprender a manejar o poder com bondade e consciência, para afirmar-se e ser forte com naturalidade, podendo assim servir protegendo os fracos e incentivando a vida!

Radiantes!

Regidos pelo Sol, os leoninos são vaidosos e amam o poder, assim como nasceram para brilhar e serem sempre notados.

galeria

 

Autora: Teresinha Queiroz.
Traduz o que nos dizem os céus há quase trinta anos e já viajou para França e Inglaterra em busca de literatura sobre astrologia kármica!

Vitoria Avancini

Vitoria Avancini

Estudante de jornalismo e serelepe por opção, sempre gostou de expressar aquilo que as pessoas sentem em palavras, além de acreditar que tudo está na perspectiva. Em resumo, pisciana!
Vitoria Avancini

Últimos posts por Vitoria Avancini (exibir todos)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *