Os números que curam

Já pensou conseguir resolver todos os problemas com uma sequência numérica especial? O desbloqueio do inconsciente, criado por Grigori Grabovoi, promete curar doenças e moldar a vida de acordo com o fluxo de energia da mente. Por Vitória Avancini Fotos Reprodução

Não é de hoje que ouvimos falar da bendita Lei da Atração. Foi no início do século XX, inclusive, que algumas referências começaram a relacionar a atração à estrutura física e ao desenvolvimento da matéria. Tanto é que o best-seller de autoajuda escrito pela influente Rhonda Byrne, O Segredo (2006), vendeu mais de 19 milhões de cópias em todo o mundo, despertando a atenção popular para o assunto. Foi o pontapé inicial para o Novo Pensamento.

Esse consenso presume que os pensamentos, tanto conscientes quanto inconscientes, ditam a realidade das nossas vidas. Diante disso, o método Grabovoi, que promete curar os principais males da humanidade, sejam eles relacionados à saúde, ao comportamento ou até mesmo ao destino das pessoas, por meio da mentalização de sequências numéricas tem ganhado cada vez mais adeptos.

Mas, afinal, quem é esse tal de Grabovoi?

Grigori Grabovoi, nascido em 1963, foi um médium, numerólogo, matemático e ocultista russo que afirmou ter habilidades como abolir a morte, ressuscitar os mortos e curar o câncer e a AIDS. Em seu livro de três volumes, A Prática do Controle, o caminho para a salvação, ele explica como a descoberta do campo da energia da consciência pode manifestar fisicamente qualquer informação ou objeto que você desejar. Os números de Grabovoi, organizados em uma sequência de acordo com a finalidade, podem ser usados para diagnóstico remoto, regeneração da matéria e transformação do tempo em forma de espaço.

Em 2008, no entanto, Grigori foi condenado a 11 anos de prisão por acusações de fraude e charlantanismo. Em 2017, ele conseguiu a liberdade e, para comprovar os benefícios do Grabovoi, reúne em seus livros casos de pessoas que foram curadas pelos números – todo o processo inclui laudos médicos como provas da recuperação.

Segundo ele, o intuito do seu método é transmitir o conhecimento Divino para as pessoas de todo o mundo, a fim de salvá-las de uma possível catástrofe global, além de ajudar cada um a alcançar a saúde perfeita, a imortalidade física e proporcionar o desenvolvimento construtivo, harmonioso e eterno de toda a humanidade.  

Como funciona
Mas como números podem, de fato, alterar nosso organismo? Em Números que curam, Grigori reúne mais de mil doenças e a cada uma delas é atribuído um número de sete a nove dígitos. O princípio básico é que o pensamento positivo pode nos trazer felicidade, saúde e riqueza.

Isso porque a doença é um desvio do organismo e a cura, por sua vez, significa o retorno ao natural – os números formam vibrações que podem guiar esse caminho de volta à normalidade quando gravados no cérebro. Para isso, é preciso assumir que, hoje, não restam dúvidas de que a mente desempenha um papel importantíssimo no desenvolvimento ou eliminação da doença. O pai da teoria quântica, Max Planck, afirmou no século passado que a consciência é fundamental para que criemos a matéria que influencia nosso meio.

Até Madre Tereza de Calcutá já sabia, nos anos 90, que podíamos adoecer a nós mesmos da mesma forma que poderíamos permitir a cura quando disse: há medicamentos para toda a espécie de doenças, mas, se esses medicamentos não forem dados por mãos bondosas, que desejam amar, não será curada a mais terrível das doenças: a doença de não se sentir amado”.

Na Prática
Não temos provas de que todas as doenças têm, como escrito nos livros de Grabovoi, cura por meio de uma sequência de números, nem que eles servirão como um GPS dentro do seu inconsciente ou que você está a um passo de ter tudo aquilo que sempre quis. A questão é que algumas doenças, principalmente as de fundo emocional, podem ter bons resultados quando a mente é trabalhada. Afinal, mal não vai fazer!

Para a técnica de Grabovoi, que pode ser feita em qualquer momento pelo próprio paciente, só é preciso escolher uma sequência e imaginá-la presente no dia a dia. É possível se concentrar em um dígito após o outro, do primeiro para o último algoritmo ou variar as seções da sequência para atualizar a concentração.

TO DO:

  • Escolha uma sequência
  • Decore os números
  • Recite-os durante o dia de diferentes maneiras
  • Imagine a sequência escrita no ar e em locais do dia a dia
  • Cole post-its na geladeira e em lugares que você passa muitas vezes
  • Coloque como wallpaper do seu desktop e smartphone
  • Escreva-os em todo lugar

O QUE SIGNIFICA CADA NÚMERO

  1. Princípio ou início
  2. Ação
  3. Resultado; meta; cruzamento da lógica do Criador com a lógica humana
  4. Correlação com o mundo externo; comunicação; contatos sociais; realidade;
  5. Correlação com o mundo interno; amor próprio; nível celular; consciência do valor próprio
  6. Sistema informativo óptico; princípios; bases; valores
  7. Plataforma para os aspectos do desenvolvimento da alma; amor
  8. Estruturação espaço-temporal; saída para o infinito
  9. Conexão com o Criador; número do Criador que contém todos os elementos anteriores
  1. Passagem; período transitório; denominação de um espaço específico no qual a qualidade de um número muda

SEQUÊNCIAS PRA COMEÇAR BEM 2018

Autoestima 49181951749814
Criar Circunstâncias Favoráveis 419 488 71
Tudo é Possível 519 7148
Solução Imediata 741
Dinheiro Inesperado 520
Transformar negativo em positivo 1888948

OLHO

“Os pensamentos, tanto conscientes quanto inconscientes, ditam a realidade das nossas vidas”

Vitoria Avancini

Vitoria Avancini

Aspirante a jornalista e serelepe por opção, a palavra sempre foi minha matéria prima.Em meus textos, singelas observações de um universo cósmico e inspirador, além de perspectivas a respeito do que as pessoas sentem. Deixar fluir a imaginação e buscar o grande trabalho da empatia para que a linguagem ganhe novos contornos é a meta.
Vitoria Avancini

Últimos posts por Vitoria Avancini (exibir todos)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *